25 de setembro de 2010
Imprimir | Indicar a um amigo Cuidadores de usuários de crack

O governo federal anunciou ontem a abertura dos editais para que municípios de todo o Brasil possam se beneficiar dos 6.050 leitos previstos no Plano de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas. A ideia é de que os serviços de atenção também sejam ampliados e toda a rede receba qualificação. Foram investidos cerca de R$ 133 milhões, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e do Ministério da Saúde. 


A iniciativa é a continuidade dos esforços do governo federal no sentido de estruturar e qualificar toda a rede de atenção integral para usuários de drogas, trabalho que vem sendo desenvolvido desde a implantação do Sistema Nacional de Politicas Públicas sobre Drogas, em 2006. De acordo com a secretária-adjunta nacional antidrogas e coordenadora do plano, Paulina Duarte, "o enfrentamento do uso indevido de drogas requer uma articulação forte e permanente entre os governos federal, estadual e municipais, mais a sociedade civil, para que juntos possamos enfrentar esse problema que é de todos e que atinge a todos". 


A expansão da rede de atenção integral para os usuários de crack e outras drogas irá além do aumento do número de leitos – os municípios terão mais 50 CapsAD (Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas), com funcionamento 24 horas. Além disso, para os municípios com populações menores de 20.000 habitantes serão ofertados 250 Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NAS- Fs), para que possam dar início à formação das suas redes de atenção aos usuários de crack e outras drogas. 


Além de ampliada, a rede também será qualificada por meio da capacitação continuada dos diferentes profissionais e equipes das redes públicas de saúde e de assistência social em prevenção, tratamento e reinserção social de usuários de crack e outras drogas. Para que isso ocorra, serão criados, em parceria com instituições públicas de Ensino Superior, 30 Centros Regionais de Referência e 50 Programas de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PETs).

 



Fonte: Jornal do Comércio, Porto Alegre/RS. Em 21/09/2010, p. 23




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]