20 de setembro de 2016
Imprimir | Indicar a um amigo Gravataí/RS Carteira vai identificar autistas da cidade

Associação criou documento e quer fazer um censo

A Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Autismo Novo Horizonte de Gravataï lançou na última semana uma nova ferramenta que visa auxiliar os autistas da cidade. A carteirinha do autismo é, segundo a Associação, grande conquista, pois ela permitirá que seja feito um cadastro para que se tenha ideia de quantas pessoas têm este transtorno na cidade. Segundo Vanessa Lúcio, presidente da Associação, a ideia surgiu em uma das reuniões do grupo. "Essa carteirinha é importante porque o autismo não é uma deficiência com características física, assim a pessoa com o Transtorno do Espectro do Autismo poderá ser identificada", explica. 
O cadastro está sendo realizado pelo setor de psicologia da Associação. "Assim o autista terá os seus direitos respeitados. Através desse cadastro a pessoa com autismo e o familiar passam a ter atendimento com as nossas estagiárias", acrescenta. A carteirinha terá custo de R$ 15, que é o custo da sua confecção. "Todas as cópias ficam arquivadas na Associação. Na carteirinha consta o nosso CNPJ e contatos, além, da Lei de Defesa do Autismo. Ela será válida como uma identificação, principalmente para facilitar o contato do autista com as outras pessoas", acrescenta Vaness a. A Associação acredita que, com a carteira e um balanço do número de autistas na cidade, será possível cobrar politicas públicas para as pessoas de Gravataí. 
Como fazer a carteirinha

DOCUMENTOS PARA O CADASTRO:
É preciso apresentara documento original e cópia
- Certidão de Nascimento ou RG
- Cartão do SUS
- Carteira de Vacina (cópia da página das vacinas)
- Laudo/Diagnostico CID
- Prescrição Médica (se tomar medicação)
- Comprovante de residência
HORÁRIO DE ATENDIMENTO NA ASSOCIAÇÃO:
Terças e quartas-feiras das 18h30 às 21 horas 
Endereço: Avenida Presidente Kennedy, 1.088, Bairro Marrocos
Informações pelo telefone 9817- 2713 com a presidente Vanessa Lúcio
A PRIMEIRA FOI DO MURILO 
A primeira carteira confeccionada foi do Murilo Lúcio, filho de Vanessa, que tem cinco anos. Ela foi o protótipo, usada como exemplo para que os demais portadores de TEA façam a sua. Na carteirinha, além dos dados pessoais, está o número da Classificação Internacional de Doenças (CID), que facilitará na identificação do transtorno por aqueles que tiverem contato com o documento. 
A ASSOCIAÇÃO 
A Associação Novo Horizonte foi fundada em agosto de 2014 com o objetivo de estimular as pessoas a entenderem melhor a TEA. Realiza oficinas, palestras e atendimento psicológico.

Clipagem: 21/09/2016 08h10m


Fonte: Correio de Gravataí - Comunidade -pág. 4




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





SANAARTE Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3028.7667 - atendimento@ocuidador.com.br