14 de setembro de 2015
Imprimir | Indicar a um amigo Para cuidadores fumantes - autocuidado

Atualmente, estatísticas apontam que o total de mortes no mundo decorrentes do tabagismo corresponde a cerca de 5 milhões de pessoas ao ano. No Brasil, são estimadas cerca de 200 mil mortes/ano, também conforme estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS, 2002).

Em Santo Antônio do Planalto, as ações antitabagismo têm o objetivo de reduzir a prevalência de fumantes e a consequente morbimortalidade por doenças do tabaco. Para isso, conforme relato do coordenador do grupo antitabagismo, Gustavo Kasperbauer, a secretaria da Saúde utiliza estratégias de prevenção da iniciação ao tabagismo. O Grupo de Apoio à Cessação do Tabagismo reúne-se mensalmente, sempre na última quinta-feira do mês. Além de material educativo, exames laboratoriais para controle do nível de dióxido de carbono e medicação de apoio, o grupo também oferece suporte técnico aos fumantes, como orientações profissionais de médico e enfermeiro.

Para auxiliar no tratamento, o Ministério da Saúde fornece adesivo transdérmico de nicotina, goma de mascar de nicotina, pastilha de nicotina e cloridrato de bupropiona, além de medicamentos distribuídos pela rede de atenção primária na unidade básica de saúde. 

 


Jornal Cidades - p. 2
Clipagem: 10/09/2015 06h20m



Fonte: Jornal do Comércio




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]