14 de outubro de 2014
Imprimir | Indicar a um amigo Usuários do CAPS e familiares confraternizam no 4º Canoas Loka de Boa

Crédito da notícia: Jornalista Luiz Roese - MTE 11631

Usuários do CAPS e familiares confraternizam no 4ª Canoas Loka de Boa

 

Paula Vinhas

Usuários dos CAPS fizeram uma batucada

Usuários dos CAPS fizeram uma batucada


mais fotos

A manhã desta segunda-feira (13) foi de confraternização para usuários dos Centros de Atenção Psicossocial de Canoas e seus familiares. O PicniCAPS, uma das atividades da 4ª Canoas Loka de Boa, seria realizado no Parque Getúlio Vargas (Capão do Corvo), mas a chuva transferiu a programação para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos.

A mudança de local não desanimou os participantes, que jogaram futebol e levaram instrumentos para fazer uma batucada no ginásio do sindicato. O piquenique programado para o parque saiu da mesma forma, quando todos se sentaram no chão e dividiram diversas guloseimas.

A programação da 4ª Canoas Loka de Boa segue até sexta-feira (17). A idéia, com a programação, é promover um amplo debate na sociedade sobre o tema, celebrar as diferenças e desmistificar a loucura.

Nesta terça-feira (14), às 8h30, começa a série de painéis com trabalhadores da saúde mental de Santo André (SP), no Instituto Pestalozzi. Também será realizada a exposição "Constelações da Infância", com trabalhos feitos por usuário do CAPS Infantil (CAPSi), no Canoas Shopping.

Haverá ainda, durante esta semana, uma tenda cultural no Calçadão, com confecção de colcha de retalhos e apresentações culturais. Quem participar das atividades, receberá certificado. O 4º Canoas Loka de Boa se encerra com uma caminhada na sexta-feira (17), no Bairro Niterói. Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público.

Com a pretensão de fortalecer a Reforma Psiquiátrica em Canoas e romper com o cuidado do modelo manicomial, a Diretoria de Políticas e Ações em Saúde Mental (DPASM) da Secretaria Municipal de Saúde propõe, desde 2011, o evento Canoas Loka de Boa, como um marco no reconhecimento dos usuários da rede de saúde mental.

O evento tem o objetivo de promover a integração social de usuários, trabalhadores e familiares com a comunidade, na perspectiva de promover um amplo debate na sociedade sobre a saúde mental, para celebrar as diferenças e desmistificar a loucura, ocupando espaços públicos como produtores de saúde e cidadania. Além disso, ele pretende apresentar a política nacional e municipal de saúde mental à sociedade.

Saúde mental no Município

Canoas conta com quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), três deles com atendimento 24 horas. Além disso, o Município tem serviço especializado de Saúde Mental para o atendimento de crianças e adolescentes vitimas de violência.

Programação

14/10 (terça-feira)
8h30 às 12h - Ágora "A Política de Saúde Mental: Como a Reforma se Faz no Cotidiano" , com trabalhadores da Saúde Mental de Santo André (SP) 
Local: Instituto Pestalozzi (Avenida Guilherme Schell, 6.206)

10h às 22h - "Constelações da Infância" - Exposição de artes do CAPSi
Local: Canoas Shopping (Avenida Guilherme Schell, 6.750)

15/10 (quarta-feira)
8h30 às 12h - Ágora "A Questão AD: o Mito da Internação Fechada" , com trabalhadores da Saúde Mental de Santo André (SP)
Local: auditório da Secretaria de Cultura (Rua Ipiranga, 105)

14h às 17h - Tenda Cultural - Confecção de colcha de retalhos, Terapia Comunitária, Apresentação teatral: Nau da Liberdade 
Local: Calçadão

16/10 (quinta-feira)
8h30 às 12h - Ágora "A Questão AD e as Novas Tecnologias do Cuidado" , com trabalhadores da Saúde Mental de Santo André (SP)
Local: auditório da Secretaria de Cultura (Rua Ipiranga, 105)

14h às 17h - Tenda Cultural - Confecção de colcha de retalhos, Tenda do Afeto Popular, Intervenção artística: Entrevero Sociopata, com Banda Pelametade
Local: Calçadão

17/10 (sexta-feira)
8h30 às 12h - Ágora "Crise na Comunidade", com trabalhadores da Saúde Mental de Santo André (SP)
Local: auditório da Secretaria de Cultura (Rua Ipiranga, 105)

14h às 17h - 4ª Caminhada Loka de Boa
Local: Saída da Rua Fernando Ferrari, esquina com Rua Júlio de Castilhos, no Bairro Niterói. Encerramento na Praça Dona Mocinha



Fonte: Jorn. Luiz Roese - MTE 11631




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]