02 de janeiro de 2014
Imprimir | Indicar a um amigo Vitamina E em dose alta pode ajudar pessoas com alzheimer

Um estudopublicado ontem no "Jama", revista da Associação Médica Americana, mostrou que, usada por pouco mais de dois anos, uma dose alta de vitamina E atrasou em cerca de seis meses o declínio de pessoas com alzheimer leve a moderado.


A vitamina não freou a deterioração cognitiva ou de memória. Mas protegeu temporariamente a habilidade dos doentes de realizar atividades do dia a dia, como se vestir e comer, sem a ajuda dos outros.


A dose testada foi de 2.000 UIs por dia, bem maior que a de suplementos comuns. Segundo o estudo, no entanto, a vitamina em dose alta não aumentou o risco de morte, diferentemente do que já foi observado em trabalhos anteriores envolvendo pessoas com diversas doenças.


Especialistas lembram que o resultado não significa que todo mundo que tem alzheimer ou quer evitar a doença deva tomar a vitamina. É preciso procurar o médico. 



Download do arquivo MP4



Fonte: Folha de S. Paulo - Ciência | Pág. 0




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]