17 de abril de 2013
Imprimir | Indicar a um amigo Um cuidado com o teor de iodo no sal: Anvisa aprova redução

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou ontem resolução que vai reduzir os teores de iodo do sal. A nova regra, que entra em vigor 90 dias após a publicação no Diário Oficial da União, prevê a mudança da faixa atual – de 20 a 60 mg de iodo por quilo de sal – para o intervalo de 15 a 45 mg/kg.

A agência acredita que o mercado conseguirá se adaptar facilmente, porque uma análise feita identificou que mais de 90% das marcas de sal já estavam dentro do novo intervalo. Denise Resende, gerente-geral de alimentos da Anvisa, explica que a decisão foi tomada em conjunto com o Ministério da Saúde, com entidades do setor do sal e com organizações internacionais. A proposta está baseada em estudos que identificaram níveis elevados de iodo na urina do brasileiro. Por outro lado, a agência usa dados do Ministério da Saúde que indicam que a inclusão do iodo no sal em patamares mais elevados, nas últimas décadas, teve o impacto desejado de reduzir a quantidade de pessoas com bócio (uma consequência da baixa ingestão de iodo).

Nos últimos 15 anos, essa é a terceira alteração feita nas proporções de iodo que deve ser acrescido ao sal. Há especialistas que discordam da redução dos teores atuais de iodo no sal e acreditam que a mudança terá impacto grande no país. O departamento de tireoide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), por exemplo, defende que a Anvisa se concentre em reduzir o consumo do sal.

A agência também foi criticada por alterar os valores sem esperar pela conclusão de uma pesquisa em andamento que vai avaliar a quantidade de iodo na urina de crianças no país, para verificar em que pé está o consumo dessa substância. Resende afirmou que a ideia original era esperar a conclusão do estudo. Disse, porém, que há indicação de que a pesquisa não vai mudar o atual entendimento da questão e, assim, optou-se por fazer logo a alteração.



Fonte: Zero Hora Geral | Pág. 31




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]