09 de julho de 2012
Imprimir | Indicar a um amigo Governo destina R$ 4,3 milhões para projetos de ONGs na área de DST/Aids

O governador Tarso Genro assinou, nesta quinta-feira (05), no Palácio Piratini, novo edital para projetos de organizações não-governamentais e da sociedade civil na área de DST/Aids. Com valor total de R$ 3,4 milhões, a ação financiará trabalhos na prevenção ou assistência a pessoas portadores de HIV. Além disso, mais R$ 990 mil serão repassados em convênio para o Fórum ONG/Aids e a Rede e Movimentos de Pessoas Vivendo com HIV e Aids, que são instâncias de articulação do movimento social.

Tarso salientou o ativismo das entidades que prestam esses serviços. "São verdadeiros heróis as pessoas que se dedicam ao trabalho de manter a qualidade de vida de quem vive com HIV e na prevenção à doença", afirmou. O secretário Ciro Simoni lembrou da importância da sociedade civil organizada em propor projetos para o Governo. "Para nós, as ONGs são irradiadoras das ações, pois elas que farão nosso trabalho chegar até as pessoas que precisam", disse.

Atualmente, o Rio Grande do Sul é o Estado com maior incidência de Aids, com média de 38 casos por 100 mil habitantes e mais de 4,2 mil casos novos registrados anualmente. Das dez cidades brasileira com maiores taxas, cinco são gaúchas: Porto Alegre, Alvorada, Uruguaiana, Sapucaia do Sul e Canoas. Desde 1983, foram registrados mais de 60 mil casos, sendo 22 mil óbitos entre eles.

O edital é válido para propostas com duração mínima de 18 meses e máxima de 24 meses. Isso permite um maior tempo para o desenvolvimento das ações, já que anteriormente a duração era de um ano. O processo estabelecido ficou menos burocrático, privilegiando o mérito técnico dos projetos.

Cada projeto pode solicitar até R$ 90 mil para ações de âmbito local (até dois municípios de abrangência) e R$ 120 mil (para três ou mais municípios de abrangência). Ele será publicado no Diário Oficial do Estado, na próxima semana, e os interessados têm até o dia 27 de julho para apresentar suas propostas. Mais informações podem ser obtidas na Seção de Controle das DST/Aids da SES, pelo telefone (51) 3288-5910ou pelo e-mail [email protected]



Fonte: Portal da Secretaria Estadual da Saúde




Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3508.8009 - [email protected]