Nossos leitores Dê sua opinião
Nome *
E-mail *
Telefone *
Profissão *
Cidade Estado *
Mensagem *
   
Validação Responda: 4 + 3 = *
   
NOSSA APOIADORA NO PROJETO "A REVISTA O CUIDADOR ON-LINE", Ao receber a revista O Cuidador: Quero parabenizar "O Cuidador", uma riqueza de sentimentos, humanidade em cada linha, trabalho bonito, bem editado por Marilice Costi.

Regina Marques dos Reis Gonzalez, advogada e ativista culrural
Rio de Janeiro, RJ
Gostaria de te parabenizar pelo livro “Como controlar os lobos”, uma leitura boníssima e uma história de vida linda.   Abraço    

Maria Helena Carvalho
RS
Querida Marilice Costi! Tive muita sorte no sorteio da O Cuidador. Ganhei seu livro e três edições da revista. Me proporcionou ótimos momentos de leitura. Adorei ler a sua história e experiência de vida.  Marilice foi um prazer te conhecer. Obrigada! Beijos

Maristela Scottá, Professora Municipal em Classe Especial
Passo Fundo, RS
Marilice. Gostaria de lhe informar o recebimento da revista. Parabéns pelo seu trabalho! É uma revista muitíssimo bem elaborada

Michele O. de Abreu, Advogada e docente com Mestrado em Direito Penal
São Paulo, SP
Marilice, não conhecia, mas dei uma pesquisada e visitei seu site. Li algumas matérias e o projeto ao qual se dedica.Fiquei muito bem impressionado com a qualidade e o conteúdo das matérias.Também vi alguns vídeos e um pouco de sua história. Quero te parabenizar primeiramente pela sua história, pela sua tão nobre e humana origem familiar e pelo maravilhoso trabalho que pensou e agiu no cuidado de quem cuida. Ser cuidador´, quase sempre, me faz sentir pleno em minha condição e em meu sentido existencial, pois amo muito o que faço. Mas, não é incomum o sentimento de vazio e de solidão, de esgotamento e fadiga, que por vezes me toma. Espero poder estar em contato com você e, como nada é casual, já estou pensando no cuidado que mereço e necessito para estar melhor comigo mesmo, com aqueles com quem convivo, com a vida e com nossa tão apaixonante quanto árdua missão. Receba meu abraço e minha admiração.

Jose Norberto Fiuza , Diretor da Clínica Fiuza
Brasília, DF
Tenho lido as edições da Revista O Cuidador. Gostei especialmente da n. 06 que aborda o assunto das casas geriátricas. Inclusive divulguei no blog que mantenho no www.residenciasenior.com.br. 

Esmeralda Kiefer, Diretora do Menino Deus Residencial Sênior
Porto Alegre, RS
24/05/2005 Querida Marilice, Acabo de ler o seu livro e o fiz de uma sentada, porque não conseguia interromper. É tocante a sua história e nos remete a experiências similares em nossa família. Acredito que tenha recebido muitas histórias a partir de sua doação neste livro. Eu me lembrei do livro "O Demônio do Meio-dia" do Andrew Solomon - uma anatomia da depressão, Ed. Objetiva, 2002. Não sei se você já leu, mas ele é escritor e jornalista da revista Times e este livro teve início numa reportagem, onde recebeu milhares de cartas e passou a entrevistar pessoas e se dedicou ao tema da depressão. Ele ganhou o prêmio de melhor livro naquele ano, nos Estados Unidos. Bem, eu venho de uma família grande e um dos meus irmãos teve uma depressão que durou 15 anos. Vivemos nesses anos com essa sombra, a iminência da cena temida, que se concretizou no suicídio, apesar de todos os recursos que tínhamos disponíveis terem sido utilizados. Isso aconteceu há 20 anos atrás e há uma aura de silêncio em torno deste acontecimento. Raramente tocamos neste ponto, doloroso e repleto de perguntas sem respostas. Este irmão tinha suas esquisitices desde pequeno, mas o demônio do meio-dia se apresentou após algumas perdas importantes. Penso que em algum momento podemos perder o compasso da vida, e muitas vezes nos sentimos tão próximos disso  e a vida fica suspensa por um tênue fio, à deriva.  Minha infância foi marcada por alguns suicidios, pois nasci numa pequena cidade do interior de Minas, onde se fica sabendo de tudo e desde então busco descobrir as causas do sofrimento humano. Desde pequena me desiludí com as religiões e foquei na ciência em busca de respostas. Hoje, estamos assistindo a integração entre ciência e espiritualidade e quem sabe as respostas estão aí. As neurociencias confirmando as percepções das tradições espirituais. A filosofia indiana traz a questão da atemporalidade e parece que as grandes angustias humanas estão na ilusão da temporalidade.Enfim, aqui estamos, fazendo a nossa parte, fazendo o melhor que podemos.Obrigada pelo seu presente,com carinho,

Luiza Lage, psicóloga
São Paulo, SP
06/11/2012 Prezada Editora: Em primeiro lugar gostaria de parabenizá-la pelo trabalho que realiza com a produção da Revista O Cuidador. Conheci a Revista na semana passada ao participar do 64º Congresso Brasileiro de Enfermagem em Porto Alegre. Ao receber a revista na porta do auditório, qual não foi minha surpresa ao abrir e ler o artigo de Maria Helena Píffero Wagner sobre a Ópera Tireoideana na revista de nº 22. Entrei em êxtase. Realmente é divino ouvir o relato dessa Senhora, pois sou enfermeira e estou terminando minha tese de doutorado, justamente, no que faço há oito anos: trabalhar com as pessoas que realizaram a Radioiodoterapia após um câncer de tireoide. O titulo da minha tese (será apresentada à banca de doutorado em 12/12/2012 no Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina) se intitula "Abrindo as portas do quarto terapêutico: Significando a Radioiodoterapia", onde apresento o que significa para essas pessoas passar pelo quarto terapêutico, o que encontram de dificuldades e como tentam superar essa experiência. Neste período, de 2004 até hoje, já passaram por esse quarto aqui no hospital público onde trabalho aproximadamente 1.340 pessoas. Muitas destas pessoas acabo encontrando depois de algum tempo e, ao abraçá-las, sinto como estão melhores, mais felizes e lembram daquele periodo de medo e ansiedade que foi deixado para trás.Deste modo, gostaria de saber se há alguma possibilidade de autorização por parte da Senhora , em nome dessa editora, e da Senhora Maria Helena Píffero Wagner para que eu possa incluir no inicio da minha tese, mais especificamente no dístico, com a devida referência, o nome da editora e da autora, A Ópera Tireoideana completa. Ficaria muito grata se me fosse permitido, pois a tese depois de aprovada entra na documentação on line e fica disponível para acesso público. E, desse modo, a possibilidade de divulgar um pouco mais este período tão crítico para tantas pessoas e que, muitas vezes, é desconhecido para muitos. Acredito que também eu possa contribuir com as pessoas que estão iniciando o processo de consulta com endocrinologista, passando pelo cirurgião, enfim, que possam ter uma referência a mais sobre esse tempo. Sem mais para o momento, aguardo sua resposta, tanto afirmativa ou negativa. Com carinho. Atenciosamente,

Elke Annegret Kretzschmar Cordeiro, Enfermeira do Instituto de Cardiologia de SC
Biguaçu, SC
19/02/2011 Triste com o falecimento de Moacyr Scliar, a quem aprendi admirar em meu tempo de Faculdade no RS, e cujo texto li com atenção em "O Cuidador". Deixo a voces o meu abraço solidário e votos de que a historia que ele escreveu na vida, de todos amantes da literatura e de seus textos, continue viva em todos. Abençoada semana desejo  a toda a equipe de "O Cuidador".

Marion Freitag, pastora
Presidente Getúlio, SC
Oi Hoje consegui comprar a revista na Livraria Cultura e gostei muito. Parabéns! bjs 

Fabia Lobo , mãe e estudante
Recife, PE
Prezada editora:Chegaram as revistas. Estão maravilhosas. Recebi ontem e já li praticamente todas as duas. Faltam alguns artigos. A qualidade é inquestionável. E o nível dos colaboradores é excelente.Gostei do artigo do médico de Passo Fundo sobre saúde mental, da história do Cão, da mãe com Alzheimer, da outra com o filho envolvido com drogas. Todos muito bem escritos. Não lembro os nomes e não tenho a revista comigo (estou numa lan).É muito bom ver este teu trabalho crescendo em qualidade. Sei das dificuldades com que tu tocas a coisa toda e fico pasmo e admirado com esse teu empenho. Tu és sem dúvida, das imprescindíveis. Um abração

Dilamar Santos , artista plástico
Florianópolis, SC
A matéria sobre autismo na edição 15 da revista é esclarecedora, solidária e indispensável. PARABÉNS!

Ana Maria Negretto, professora aposentada
Itapema, SC
Olá, bom dia. Obrigada por enviar a informação de vencimento da assinatura. Continuo assinando sim, e com muita alegria, pois é uma revista que vale a pena assinar, com prazer. Durante a leitura  percebemos o enorme  carinho com que é concebida. Atenciosamente 

Elke A K Cordeiro, Enfermeira - Serviço de Medicina Nuclear do Instituto de Cardiologia de SC
-, SC
É uma satisfação poder acompanhar de perto esse trabalho! Agradeço o carinho e deixo meu abraço. 

Eliene Nascimento, Professora da Secretaria de Educação do DF
Brasília, DF
Parabéns pelo belíssimo trabalho. Pode contar comigo sempre.Paz e alegria,

Flávia Mello, Jornalista e professora
Rio de Janeiro, RJ
Fico lisonjeada por ter participado, mesmo que por um breve período, desse projeto corajoso e incomparável, que muito me ensinou sobre entrega e generosidade. Nem acredito que a revista O Cuidador já está fazendo cinco anos! Parabéns merecido.

Thais Picada, escritora
Porto Alegre, RS
Querida Marilice, que sua revista que hoje faz aniversário, tenha muito sucesso e continue levando alento a todas as pessoas. Paz e Prosperidade.

Luzia Sampaio, arteterapeuta
Natal, RN
Querida Marilice, Somente no último domingo consegui ler a revista deste mês, tive uma infecção (que durou uma semana), depois fiquei muito fraca. No domingo, já melhor, fui a São Paulo para consulta. Levei a revista e li no avião: AMEI. Impossível não emocionar com tantas histórias, tão distantes e tão próximas, ao mesmo tempo. PARABÉNS. O Gou ficou muito interessado, e concordamos que vamos aprender muito com a Revista. Retirei o Manual do link que segue, acredito que você gostará dos outros manuais, também:http://www2.seg-social.pt/left.asp?05.18.08.05  Desejo que você esteja bem.  Um beijo, Gimeni Alkimin Projeto Café e Acolhimento

Gimeni Alkimin, -
Belo Horizonte, MG
Querida Marilice, Você está de parabéns! A Revista O Cuidador é um bálsamo. Recomendei para todos os meus alunos de pós-graduação. 

Marcus Renato de Carvalho, IBCLC, docente da Faculdade de Medicina, UFRJ - Mestre em Saúde Pública
Rio de Janeiro, RS
Parabéns! Essa revista é de um valor enorme, promove a valorização do amor em nossa sociedade.

Maria Luiza de Carvalho, psicóloga
Rio de Janeiro, RJ
Mari, que linda a apresentação das capas das revistas! Parabéns!

Denise Colossi, odontóloga
Passo Fundo, RS
Parabéns Marilice por estar a frente desse belo e importante trabalho, recebi a matéria através do Wilson Jaques que facilita o nosso encontro"cuidar do Ser" (col. interncional dos terapeutas em Caxias do Sul, Envio abaixo ul link de atividades de cuidar que desenvolvemosem nosso espaço Caminho da Luz, Namastê. http://www.youtube.com/watch?v=MWQHbnRny2o

Alceu , -
Caxias do Sul, RS
Há momentos na... vida, que paralisamos. O desafio é grande, a responsabilidade infinita e a solidão domina. Falar com quem? Saber o que fazer - como?São sentimentos que nos atravessam em épocas da vida - as mais variadas, por um ente querido em dificuldades – seja ele um idoso, um acidentado ou com necessidades especiais de ordem física ou mental.Descobrir O CUIDADOR, de imediato nos tira da solidão. Em seguida, nos informa. E o mais importante – nos dá o sentimento de pertencer a um grupo. Marilice Costi pra mim é uma fada madrinha. Muito obrigada pelo seu trabalho! 

Cristina Oliveira, Empresária
São Paulo, SP
Que iniciativa bonita! Fiquei encantada com a revista e a sensibilidade de vocês. Parabéns! Um abraço!

Marluza Mattos, -
Passo Fundo, RS
Marilice querida. Que maravilha todas as revistas! Não sei qual escolher.........porém não posso adquirir todas. É um pouco caro pra mim....o que faço? Você vai trazer todos os exemplares? Não sei a grossura da revista. Como posso pagar pelo cartão (parcelado) ou compro pelo site? E que maravilha de artigos e seus colaboradores são incríveis. Sou e sempre serei muito apaixanoda pelo Moacyr Scliar, meu mestre Rubem Alves e tantos outros que vi ali rapidamente e que conheço. Parabéns por todas as edições. Me oriente no que fazer. Beijo grande

Beatriz Cohen, Psicóloga
São Paulo, SP
Obrigada, amigos,Deus os abençoe. Amei receber O Cuidador, amei o livro e  me emocionei com a linda dedicatória.Não tenho palavras bonitas para dizer mas tenho sentimento de gratidão, amor e carinho imenso para com vocês. Um beijo no coração de cada um da Revista!

Esmeraldina Dallasta, Educardora Social
Bauru, SP
Obrigada, Marilice Costi a sua clareza em defender quem cuida dos cuidadores, inclusive a Revista O Cuidador foram muito inspiradores dos meus trabalhos, tanto nos estudos como no Ministério. Melhorando para uns melhora para os outros também A sociedade é assim. Bjs  

Deusina Lopes, Autora do livro Um Autista Muito Especial, Economista. Assessora, Governo Federal - Brasil. 
Brasília, DF
Estive dando uma olhada no site O cuidador e achei muito interessante. Sou presidente da associação dos cuidadores de idosos de Bragança Paulista e gostaria de receber revistas e livros de O cuidador,pois fazemos vários trabalhos com cuidadores, inclusive estamos montando uma casa onde podemos receber o cuidador, capacita-los para que ele possam fazer um bom trabalho. Abraços

Maria Cecilia de Lima, Presidente da Associação de Cuidadores de Idosos
Bragança Paulista, SP
Sou assistente social e já trabalhei com saúde mental. Agora desenvolvo trabalho na área de educação ambiental. Muito interessante a sua revista. Parabéns!

Josie Rabelo, Assistente Social
Recife, PE
Em nome da ABRAz, agradeço a tua colaboração para com a nossa reunião.Contamos com 70 pessoas na plateia, portanto ficaram algumas revistas que distribuirei em outra oportunidade, bem como divulgarei o site da revista e do belo trabalho que realizas. Um grande abraço

Eneida Soares, Coord. e Psicóloga
Porto Alegre, RS
Boa tarde, Marilice. Desejo que o novo ano seja proveitoso e que consigas multiplicar, cada vez mais, a valorosa proposta d O CUIDADOR. Um forte abraço. MANCUZO COMUNICAÇÃO CRIATIVA

Fabio Ernesto Mancuso, -
Porto Alegre, RS
Boa tarde! Venho parabenizar vosso site e trabalho! Que Deus os abençoe muito! Um grande abraço!

Karina Flores, -
Sorocaba, SP
Parabéns! Agora, foi criada a lei do CUIDADOR que passa a ser um profissional credenciado. É um reconheciento oficial, além de seu valor social indiscutível. Méritos à tua persistência com a revista Beijos e abraços  

Antônio Frederico Knoll, Juiz aposentado
Santa Maria, RS
Parabéns pelo belíssimo trabalho. Pode contar comigo sempre. Paz e alegria,

Flávia Mello, Jornalista / Consultora / Professora
RJ, RJ
Me emocionei muito mesmo com a leitura. Como mãe de três filhos sadios me encontrei várias vezes dentro do contexto. Sei a dificuldade para criar e educar nossos bebês com tantos lobos, fantasmas batendo à nossa porta constantemente. E para estas mães de crianças especiais é assustador e desumano ver esse calvário que toda a família vive. Se não fossem alguns "anjos", que Deus coloca em nossas vidas para aliviar as dores, seria o fim. Parabéns para estas "HEROÍNAS MÃES" que defendem suas crias como leoas. Que lição de vida... Obrigada por tudo, ANJOS DO AMOR.

Elisa Sabino, cuidadora do lar
Porto Alegre, RS
Marilice. Desejo que o novo ano seja proveitoso e que consigas multiplicar, cada vez mais, a valorosa proposta d` O CUIDADOR.  Um forte abraço.

Fabio Ernesto Mancuso, MANCUZO Comunicação Criativa
Porto Alegre, RS
Apóio a Revista O Cuidador, porque O Cuidador apóia Os Cuidadores! Abraço.

Celina Valderez Feijo Kohler, enfermeira
Porto Alegre, RS
Oi Marilice, adorei a revista e a matéria. Ficou ótima a edição da entrevista. E também, que bom que colocaste a minha    foto p&b. Ela é usada como marca. Valeu! Os textos da tua revista são interessantes e sensíveis. Muito obrigada. Um grande abraço e um beijo.

Irene Santos, fotógrafa
Porto Alegre, RS
Obrigada por ter me enviado o vídeo, descobri que temos muito em comum, vou assití-lo muitas e muitas vezes mais, para de cada fala sua poder experimentar minhas vivências não vividas e talvez finalmente expressá-las também. O obrigada se refere ao falar e não calar, falar do que vai n`alma, do que se vive, do que se é, assim podemos perceber que se existimos não é por acaso apenas, descobrimos que talvez podemos construir e incentivar outros tantos que se calam e morrem diante dos obstáculos vividos.

Sandra Reis, -
Porto Alegre, RS
Marilice, encontrei a revista ao chegar hoje em casa. Já li inteira. Excelente conteúdo. Que Deus ilumine seus caminhos para continuar com esse excelente meio de comunicação entre as pessoas que precisam do apoio de O Cuidador. Beijo, Elianete

Elianete , Analista de Sistemas
São Paulo, SP
Recebi minhas revistas e já li. Não tem preço o bem que estás fazendo, compartilhar histórias, pessoas sofridas. Ninguém quer saber de nossas dificuldades, não pedimos aplausos apenas respeito. O conteudo é ótimo. Deus te abançoe, Marilice.

Mirtes Müller, cuidadora
Três Coroas, RS
Bem interessante a Revista O Cuidador. Parabéns Marilice! Sempre foste de assumir as empreitadas! Um grande abraço.  

Maria Bernadete Abelin Noskoski
Erechim, RS
A revista agradou muito não só a mim, mas pacientes e familiares que a leram na sala de espera. Inclusive, por insistencia, acabei dando os dois exemplares. Por isso, quero adquirir mais dez exemplares. Meus parabéns pelo seu trabalho, precisamos divulgá-lo mais.

Jorge Alberto Salton, Psiquiatra
Passo Fundo, RS
Marilice querida, guerreira imbatível. Exemplo de vida, superação e doação. Belissímo presente na vida de todas nós. Amém querida, que o CUIDADOR se espalhe por todo o pais e além mar, que esse trabalho maravilhoso de amor seja a cada dia mais e mais reconhecido.

Vania Giacomelli Chanan, comerciante
Porto Alegre, RS
Parabéns Marilice pelo seu livro, fiquei emocionada (e impressionada) com sua escrita e principalmente com sua história. Nem tenho palavras para dizer, somente que a partir da sua leitura passei a ver o problema mental de maneira diferente. Antes eu ía ao hospital para tratar alguma pessoa (raramente) agora me senti como se eu precisasse do hospital, pude sentir o outro lado, a preocupação e a dor da família com um de seus membros que esteja mais à mercê dos lobos, como diz você. Pude sentir a necessidade que essas famílias e essas pessoas especiais têm do próprio governo que tem de protegê-los e me engajo assim, de alguma forma em sua luta. Como temos grupos de estudo em um hospital psiquiátrico, gostaria de adquir um livro seu, vou enviar o endereço por mail. Grande abraço e desejo que seu movimento dê muitos frutos e possa ajudar muitas famílias.

Alice Tocchetto
Campina Grande, PB
Parabéns pelo belíssimo trabalho. Pode contar comigo sempre. Paz e alegria!

Flávia Mello, Jornalista / Consultora / Professora
Rio de Janeiro, RJ
Marilice: Soube da revista O CUIDADOR. Em primeiro lugar, quero te parabenizar pela iniciativa,realmente um grande e importante passo!  Faço parte do Instituto Abrace, uma ONG destinada a dar apoio a pais e a mães quefreqentam UTI, ou seja, cuidadores! Temos uma sede virtual, que é nosso site (www.institutoabrace.org.br) e fazemos algumasações de humanização em hospitais pelo Brasil. Lá temos um mural, onde fazemos um intercâmbio de energias, para dar suporte,dividir angústia e comemorar conquistas. Também temos o espaço Pais e Filhos, onde cada um relata sua história, divide e soma! Enfim, caminhamos com o mesmo propósito e por isso gostaríamos de saber como adquirira revista! Um grande abraço e parabéns!www.institutoabrace.org.br

Gabriela Mazza, INSTITUTO ABRACE
São Paulo, SP
Querida Marilice. Meu filho, João Pedro, começou esta semana com um processo de inclusão na escola regular, aqui em Novo Hamburgo. Fomos muito bem recebidos. Várias pessoas das secretarias de educaçãoe saúde estão envolvidas, mas para que isto acontecesse,  um longo caminho foi percorrido. Pondero que todo este processo, que será ainda mais longo, nos renderá bons ensinamentos, e estes, poderão ser compartilhados com todos.

Vladimir Fauth, pai cuidador
Novo Hamburgo, RS
Marilice, Gostei demais da sua revista,comprei umas três. Como estamos no fim do ano,se eu fizer a assinatura da revista em novembro, como fica o pagamento? Eu li a matéria falando do autista e repassei a revista para uma pessoa próxima para orientá-la nesta questão dos cuidados com uma autista. Ele ficou muito grato. Atualmente, trabalho como cuidadora de idosos. Tenho formação em psicologia e estou fazendo uma pós-graduação em Arteterapia, uma forma de ampliar meus conhecimentos nos cuidados com o idoso, mas também como outra alternativa de trabalho. Gostei muito da revista que trata da ética no cuidado. Abraços

Daniela Lepesqueur Fabiano Vale, psicóloga
Belo Horizonte, MG
Parabenizo-os pela iniciativa, pois somos, em tantos momentos de nossas vidas, cuidadores sem sabê-lo... Cuidadores solitários, desejosos de informações, do partilhamento de experiências,sentimentos, perspectivas que a proposta de vocês cai de madura.

Rosani Szilaghy, Diretora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UPF
Passo Fundo, RS
Queridos Amigos da Revista O CUIDADOR Sou mãe de um portador de esquizofrenia e faço parte da Associação Fênix de Fortaleza no Ceará. Atualmente, com a Reforma Psiquiátrica, estamos assistindo a desassistência, o descaso e o preconceito das autoridades e também dos planos de saúde a estas pessoas. Menciona-se a garra e a coragem de certos artistas na luta contra o câncer: são heróis! Mas a mídia nunca mostrou a luta de um deficiente mental, o esquizofrênico, para se manter pelo menos equilibrado já que se sabe que é uma doença que não tem cura, tem controle. Neste país, que se fala tanto do preconceito, o que estão fazendo com os doentes mentais? Diversas patologias têm seus hospitais, tais como: Hospital do Câncer, de  olhos, de traumatologia e do coração. São feitas campanhas na TV para instituições, enquanto que, os poucos e precários hospitais que tínhamos foram fechados por decreto. O que estamos assistindo é ou não PRECONCEITO? Só nós, os cuidadores de pessoas com transtorno mental, é que sabemos a árdua tarefa que  temos. Pessoas que ameaçam se matar ou matar alguém. Não imaginam o quanto dói não ter um hospital para internar seu paciente que, na hora de um surto psicótico, muitas vezes, quebra tudo dentro de casa. Até quando nós vamos assistir a tudo isso calados?    

Zoila Santos Moreira, mãe
Fortaleza, CE
Oi, Marilice Recebi a revista e amei... É tudo que precisávamos. Esperoque Jesus lhes abençoe muito, e que possam dar continuidade com seus e nossosobjetivos. Vou levá-la para as associações nas próximas reuniões.Bjos e muito obrigada!!!    

Zoila Santos Moreira, mãe cuidadora
Fortaleza, CE
Marilice, me orgulho de tê-la conhecido e tomado contato com a Revista O CUIDADOR. Material de primeira qualidade, bem cuidada e diversificada. Muito bom e importante para mim ser assinante desse excelente material de apoio emocional. Obrigada, pelo espaço para apresentar as minhas experiências como cuidadora. Abraço. Sucesso!!! Muito AXÉ!!!

Adélia Azevedo, Pedagoga e arteterapeuta
Rio de Janeiro, RJ
Marilice: Gosto muito da revista e te parabenizo pela garra. Um abraço

Nara Helena Naumann Machado, Arquiteta Docente – FAU/PUCRS
Porto Alegre, RS
Olá, estou fazendo pós-graduação em arteterapia-psicopedagogia e entrei em contato com seu artigo"Um olhar no caminho trilhado" e adorei, inclusive o escolhi para resenha no curso. Gostaria de saber se ministra cursos aqui em São Paulo e se posso perguntar algumas coisas sobre arterapia a você. Desde já agradeço sua atenção. Abraço.

Wanda Tavares
São Paulo, RS
Gostamos muito da revista, eu e a Bia (dei a ela o outro exemplar) e da nossa "reportagem", dos dados do Campbell e da indicação do livro! Muito obrigada. E,  sabe? Sua revista nos rendeu uma entrevista no dia 15 de março para a rádio BAND daí de Porto Alegre! Bom, não? Um caloroso e fraterno abraço.

Maria Cristina Balieiro, Psicóloga
São Paulo, SP
Parabéns Marilice por estar a frente desse belo e importante trabalho. Namastê, Alceu.

Alceu Wanderlei
RS
Agradeço pela riqueza de informações que recebo em casa através da revista O CUIDADOR.

Helenise Sartori, Terapeuta Ocupacional
Porto Alegre, RS
Olá, habitantes do jardim dos unicórnios! Recomendo que assinem a Revista O Cuidador. Além de ser bela e com uma primorosa edição, os conteúdos são uma inspiração.

Dulce Magalhães, Educadora, pesquisadora, PHD Filosofia
Florianópolis/SC, RS
Conheci seu trabalho a partir do primeiro e-mail que trocamos e vejo que é uma cronista de mão cheia, além do trabalho que realiza utilizando a arte para o aprimoramento pessoal. Está de parabéns pela iniciativa!

Luiza Moreira
Porto Alegre, RS
Material de primeira qualidade na proposta, revista bem cuidada e diversificada. Muito importante para mim é ser assinante desse excelente material de apoio emocional. Muito AXÉ!!!

Adelia Azevedo, Pedagoga e arteterapeuta
Rio de Janeiro, RJ
Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.

Moacyr Scliar, escritor e médico.
Porto Alegre, RS
Reconhecemos e a parabenizamos pelo belo trabalho. Grande abraço.

Rafael Cappelatti, Gerente de Comunicação e Marketing, Sebrae/RS
Porto Alegre, RS
Recebi a revista e fiquei muito feliz. Estou ansiosa para ler todos os artigos, sei que vou aprender muito. Tenho divulgado entre meus amigos incentivando a assinatura. Parabéns pelo trabalho da revista que toca o nosso coração. Que Deus ilumine esse caminho!

Gilza Superti, Cuidadora e poeta
Porto Alegre, RS
Belíssimo o seu trabalho. Recebi o livro "dos lobos" e fiquei muito comovida. Tive uma irmã com depressão e vi como minha mãe viveu esse sofrimento de forma muito solitária, quando ela morreu tragicamente. Ela teria se beneficiado muito de uma publicação como essa. Parabéns pela sua coragem e generosidade.

Viviane Manso Castello Branco, Pediatra e médica de Saúde Pública
Rio de Janeiro, RJ
Parabéns pelo empenho da equipe ao fazer O CUIDADOR. A experiência em diversas áreas de atuação amplia o conhecimento de profissionais e leigos que, de uma forma ou outra, cuidam. Nela, podemos vislumbrar a real necessidade de que eles também necessitam ser cuidados.

Marta Lanner Fossatti, Pedagoga
Porto Alegre, RS
Recebi a revista no sábado. Um luxo! Citei a revista numa mesa-redonda, em que participei, sobre formação de cuidadores, no Encontro de Gestação e Parto Natural, aqui no Rio.

Maria Luiza de Carvalho, Psicóloga, docente da UERJ
Rio de Janeiro, RJ
Recebi a divulgação da O Cuidador. Brindar o nascimento é muito importante, faz feliz quem contigo compartilha.

Francilene Rainone, Terapeuta Ocupacional / CAPs Centro
Porto Alegre, RS
Parabéns pelo belíssimo trabalho e pelo compromisso que você e sua equipe estão assumindo no momento em que editam uma revista com estas lindas e “fortes” mensagens. Estamos com vocês.

Ir. Elci Pavaretto, Diretora - Colégio Notre Dame
Passo Fundo, RS
Parabéns pela revista, o pessoal está adorando.

Celso Gutfreind, Escritor e psiquiatra
Porto Alegre, RS
Isto é que é um bom parto. Que a O Cuidador tenha longa vida e muito sucesso. E que contribua nas trocas de experiência e no fortalecimento dos cuidadores, pois, cada vez mais, teremos que cuidar.

Lucia Rosa, Assistente social e docente Universidade Federal do Piauí
Teresina, PI
Meus parabéns por esta vitória. Uma batalha que não será em vão.

Fernando Barcellos, Diretor da Imobiliária Barcellos
Porto Alegre, RS
Recebi a primeira edição da Revista O Cuidador de uma paciente-cuidadora. Gostei muito dos artigos, da organização, dos conteúdos. Parabenizo pela iniciativa! Trabalho no Hospital Universitário de Santa Maria, onde estamos iniciando na área de Saúde do Trabalhador-Cuidador.

Janaina Strenzel, Psicóloga
Santa Maria, RS
Uma revista como a OC – feita de um trabalho incansável e apaixonado – é uma aquisição muito importante para aqueles que cuidam e que, portanto, devem também ser cuidados. Contribui para que se volte os olhos para o cuidador - que tem na sua missão mais nobre a tarefa de continuar sempre cuidando.

Francisco Veronese, Médico nefrologista
Porto Alegre, RS
Gostei muito da revista. Trabalho de artista, de escritores especialistas em suas áreas profissionais, de conteúdo acessível ao leigo.

Clódia Turra, Escritora - Academia Literária Feminina
Porto Alegre, RS
Lindíssima revista! A revista está muito linda em todos os aspectos: capa, conteúdos,mensagens, fotos... tudo. Será muito útil, pois trabalho com muitos cuidadores e a passarei também para meus alunos. Com certeza é e será um sucesso!

Margareth Buaes Dal´Maso, Médica e docente Faculdade de Medicina, UPF
Passo Fundo, RS
Trabalho na Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas Portadoras de Deficiência e de Altas Habilidades do RS. Fiz uma palestra de um curso para os novos funcionários com base no artigo Convivência uma arte do Cuidado da Dulce Magalhães. Foi dez! Também estou envolvida com a criação de um espaço de acolhimento para receber a Pessoa com Deficiência e seus familiares, prestar orientações quanto às Políticas Públicas, realizar trabalhos de grupo e outras coisas. O Cuidador com certeza vai continuar nosso parceiro de trabalho, um parceiro super qualificado!

Rosane Arostegui de Azevedo, Assistente Social - FADERGS
Porto Alegre, RS
Primeiro, parabenizo pelo site, ótima fonte de conhecimento sobre o assunto. Encontrei-o por estar atrás de uma pensão protegida ou serviço semelhante. Convivo com o ato de cuidar desde meus 14 anos. Ler a respeito e saber que outras pessoas passam por circunstâncias parecidas, de certa forma, causam alívio ou identificação e me dão energias para seguir em frente. Tenho procurado sem sucesso um local que supra as necessidades de meu familiar que é jovem (55 anos). Todos os que contatei foram clínicas geriátricas ou locais parecidos em que o ambiente não é legal. Sendo uma pessoa muito ativa, ela gosta de fazer de tudo mas necessita acompanhante nas saídas, alimentação e cuidados gerais. Peço, encarecidamente, que informe sobre locais que oferecem esse tipo de serviço ou pessoas que cuidem em ambiente familiar. Gostaria de saber também como adquirir a revista, pois sei que é de grande valia toda informação que obtiver nessa área. Um abraço e parabéns pelo www.ocuidador.com.br.

Sérgio Ferreira
Porto Alegre, RS
Parabéns! Está muito bonita! Já mandei para os nossos jornalistas. Abraço à equipe!

Rosane Costa, Sindicato dos Professores do Ensino Privado do RS
Porto Alegre, RS
Só ontem consegui ler Como controlar os lobos? que, desde 2001, estava na minha prateleira. Sabia o que me aguardava... E li de uma vez só, não pude parar. Fiquei pensando em como a maioria das pessoas acha que tem problemas, quando, na verdade, são coisas simples de resolver. O problema das drogas, por exemplo. E a onipotência de certos psiquiatras... (esta carta foi publicada na íntegra na revista O CUIDADOR)

Luciana M., Funcionária pública
Porto Alegre, RS
Quando Janice esteve hospitalizada, fui impedida de visitá-la na UTI. Não queremos mais ser impedidas de fazer as coisas que todo mundo faz. Qual a forma para romper esta barreira de preconceitos? Por que os heterossexuais tudo podem e nós não?

Carmem W. Salm, Publicitária
Porto Alegre, RS
Recebi a edição 03 da revista. Sem ainda virar a folha para ler A Fala Dos Cuidadores, vim depressa manifestar minha alegria ao deparar com meu nome impresso nesta já tão conceituada revista. O editorial está maravilhoso. Ali está toda sensibilidade com relação ao tema proposto pela OC. Parabéns, de quem faz parte da torcida,

Marta Lanner Fossatti, Pedagoga
Porto Alegre, RS
Parabéns pela bela revista! A capa está maravilhosa, os colaboradores ótimos e o propósito é mais do que especial. Só pode dar certo! Um abraço, muita luz!

Ingrid Cañede, Psicóloga
Porto Alegre, RS
Ficamos muito felizes com a matéria das guerreiras na UTI neonatal. E também com a qualidade da revista, feita com muito bom gosto. Sentimos o carinho e a competência na sua confecção. Parabéns!

Luis Cesar de Souza Moura, Desenvolvedor de Software, pai cuidador.
Porto Alegre, RS
Assisti a TVE e fiquei feliz ao ouvir a editora da revista falar sobre os invisíveis. Penso em estar enquadrada neste perfil. Existem terapeutas especializados para cuidar? Grupos? Parabéns pela iniciativa e pela descoberta do assunto, do qual até então eu não tinha me dado conta! Valeu!

Cuidadora Anônima
Porto Alegre, RS
Estuve leyendo la revista y me pareció muy interesante cada artículo y cada experiencia relatada. Me interesó muy profundamente la experiencia de la autoasistencia o el cuidado hacia uno mismo como cuidador. Creo que es muy necesario tener en cuenta el ocio de una tarea creativa, la culpa o la angustia... Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Beatriz Abelleira, arteterapeuta
Buenos Aires, AR
Linda a capa da O CUIDADOR 4. Os objetivos com a revista estão sendo alcançados. Os temas dos artigos são muito interessantes. Parabéns!

Neusa Jane Jung Ferreira
Passo Fundo, RS
Gostei muito da revista. O assunto é importante. Os profissionais da saúde, o governo, a mídia e a sociedade em geral dão atenção apenas ao doente ou aos idosos, e todos esquecem da importância de quem cuida, da saúde de quem cuida. Pensamos em publicar algum artigo baseado em nossa experiência, sobre a importância da preparação e formação do cuidador. Gostaríamos de saber quais os temas que poderiam interessar para a O CUIDADOR. Também queremos informações sobre os espaços publicitários, tamanhos, valores, etc...

Simone Bracht
Porto Alegre, RS
Estou parabenizando a equipe pelas belas metas atingidas com relação a O Cuidador. 

Vânia Caloy, Astróloga
Porto Alegre, RS
Trabalho maravilhoso na revista. Para quem trabalha na área da saúde é sempre bom descobrir novos caminhos para coisas que achamos conhecer bem.

Antônio Almeida
Porto Alegre, RS
Este trabalho é mesmo muito importante e merece todos os reconhecimentos, parabéns!

Sílvio Feula, Consultor em Informática
Porto Alegre, RS
Parabéns pela capa da revista, está maravilhosa. 

Marilene Eggers Alves, Coord. Ambulatório CVB/RS
Porto Alegre, RS
Parabéns pelo trabalho que desenvolvem e força nessa luta. De qualquer forma me coloco a disposição para ajudar a divulgar. Já mantiveram contato com os Conselhos Regionais de Psicologia para que anunciem a OC na revista publicada por eles? Boa sorte.

Rosane Curi, Pesquisadora CESTEH e ENSP
Rio de Janeiro, RJ
Importantes os depoimentos de cuidadores contando como conseguem achar alternativas no cuidar. Vejo um grande problema quando a pessoa que precisa de cuidados não aceita ser cuidada. E precisa. Não admite um cuidador institucional ou não aceita o cuidado familiar. Como lidar em situações assim? Talvez alguém tenha o que contar.

Janaina R. Pipi, Cuidadora
São Paulo, SP
Depois de esperar três meses pela consulta psiquiátrica, dois meses para atendimento em CAPS, hoje, um dia muito difícil. De cuidadora. De tentar, sozinha, aceitar o rebuliço que é contar a história familiar a cada vez que a filha vai pra outro atendimento. Agora é o hospital-dia. É muita dor. Quando é que os psiquiatras vão sair da escola sabendo acolher a família? (...) Obrigada por acolher essa minha raiva, essa mágoa, essa dor. Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Maria Goretti Barros, Empresária e cuidadora
Porto Alegre, RS
Reconheço na O CUIDADOR um veículo de informação específica e também de preparação para qualquer cidadão, já que, mais cedo ou mais tarde, toda pessoa estará sujeita a exercer o papel de cuidador. Por esta razão, também quero lhe cumprimentar pela ideia de criá-la... Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Flávio Oliveira
Estância Velha, RS
Ninguém imagina, mesmo lendo textos a respeito, o que é ter uma idosa em casa e mais as cuidadoras. Não se é mais dona da própria casa e nem de muito tempo de seu tempo. Ando com a pressão alterada, a cada dia um valor, sempre alta e taquicardia. O texto das casas geriátricas me fez pensar muito. (texto na íntegra na Fala dos Cuidadores - OC 13) 

Julia R. Moreira Santos, Cuidadora familiar
Caxias do Sul, RS
Recebi a OC6, muito obrigada. Está bonita como as anteriores. Gostei muito dos cuidados na sua criação. Serei repetitiva, mas também faço elogios à imagem escolhida para capa. Desejo-lhe força e sucesso.

Adélia Azevedo, Pedagoga, arteterapeuta
Rio de Janeiro, RJ
Parabéns pelo trabalho desenvolvido na revista. Além de excelente quanto ao material, diagramação, capas (lindíssimas!), o conteúdo das matérias é de altíssimo nível. Tudo isso constitui um diferencial que põe a revista em destaque absoluto. O Cuidador veio para ficar!

Fátima Mangabeira, Assessora de Arte PEI – UNISINOS
São Leopoldo, RS
É justamente no Natal que Israel se veste de luzes. Luzes de todas as cores e tamanhos, dentro das moradias, edifícios públicos e, fora, nos prédios, nas ruas. (...) Nas casas de Deus de todas as religiões que aqui convivem: muçulmanos na Festa do Corban (sacrifício), judeus com a celebração de Hannuka ou Festa das Luzes, e cristãos com o Natal. É justamente nesta época do ano em que as famílias se aproximam com o objetivo de confraternizarem e, também por isso, aqueles... (...) Hoje, especialmente, os melhores desejos para aqueles irmãos cuidadores no imenso Brasil. Leia na íntegra na O CUIDADOR.

Varda Dascal, Terapeuta, correspondente da OC
Tel Aviv - Israel,
Parabéns: um fruto da poética do amor e da persistência corajosa em afirmar a vida.

Maria Carpi, Poeta
Porto Alegre, RS
Obrigada a todas as maravilhosas pessoas da OC por existirem e serem afeto, acolhida e aprendizagem sempre!

Rosane Arostegui, Assistente Social FADERGS
Porto Alegre, RS
Recebemos as revistas e já foram partilhadas com a equipe de professores.  Ficaram surpresos, encantados, interessados, curiosos e sobre tudo agradecidos pela beleza e o cuidado.

Mabel Botelli, ONG TEAR
Rio de Janeiro, RJ
Lindo o visual da revista. Vou dar uma olhada mais apurada. De cara já vi alguns nomes conhecidos. Este tema do próximo número da revista - A voz - é uma coisa que mexe muito comigo. Sou capaz de simpatizar ou antipatizar imediatamente com uma pessoa, sem vê-la, só ouvindo sua voz.

Dilamar Santos, Artista plástico
Florianópolis, SC
Recebi todas as edições como combinado e estou recebendo as atuais. Obrigada pela atenção. Quero deixar registrada a qualidade com que a revista se encontra em todos os níveis. Foi mais que uma bela surpresa. Vocês estão de total parabéns. Só tenho a agradecer.

Maria Inês Peres, Coord. NDS Fundação La Salle
Canoas, RS
Este trabalho é de uma grandeza inestimável. Parabéns!

Familiar anônimo, Do lar
Porto Alegre, RS
Descobri meu potencial apenas aos 33 anos e daí entendi a minha vida. Fiz teste de QI, na época deu muito alto. Mas o que me chamou a atenção foi num concurso. Pedi retorno à equipe que fez os testes psicométricos. Foi quando soube que eu era altamente criativo, que fazia esforço imenso para focar, era múltiplo. O artigo da Nara sobre altas habilidades na O CUIDADOR me fez pensar (...)  Parabéns. Obrigado. Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Eduardo Jorge dos Santos, Professor
Canoas, RS
Amiga Marilice: Estou repassando para os amigos do meu mailing, pois sei da importância do trabalho que envolve essa revista inovadora e fundamental em sua abordagem ao se preocupar com aqueles que quase ninguém se preocupa. Um iluminado abraço!

Mauri Luiz da Silva, Gerente Regional - OSRAM do Brasil
Porto Alegre, RS
Li o texto que Lúcio escreveu sobre o cuidado com a turma no JONGO para a revista O Cuidador. Sua sensibilidade expressa nas palavras reflete bem sua atenção.Recomendo a todos a leitura e a assinatura da revista. Leia na íntegra na Revista O CUIDADOR.

Maria Luiza de Carvalho, Psicóloga, Docente UFRJ
Rio de Janeiro, RJ
Tive uma longa conversa com a psicóloga do meu filho. Ela me criticou muito...  inclusive o fato de eu ter procurado APORTA para encaminhá-lo para emprego (...) falou em bulling que, talvez ele não tenha só transtorno do pânico. Ele continua sendo tratado no CAPS Centro. Eu tinha uma informação muito boa a respeito do atendimento ali e achei que era o melhor (mas agora tenho dúvidas). Ele toma Imipril há dez dias pois o Estado não fornece Fluoxitina, que foi o que o psiquiatra receitou. Então encaminhei pedido na Justiça... Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Lia Veiga, Funcionária pública
Porto Alegre, RS
Recebi a revista e o livro "dos Lobos". Li num fôlego. É uma barra e nossa rede de proteção é escassa. A família é fundamental. E hoje em dia os lobos são muitos e maiores. Não concordo com internação indiscriminada (afasta da família delega o cuidado para outros e acaba o problema?) mas hoje, quando se precisa de uma internação ou mesmo um lugar... Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Adiles Marina Kirinus, Médica
Pelotas, RS
Ao contrário do livro O Pequeno Príncipe, não quero a responsabilidade por aquilo que cativo. Cativo porque cativo, não porque quero responsabilidade de ter que cuidar do cativado. Aliás, bela matéria para O CUIDADOR. Quebrar paradigmas.

Paulo Osório, Empresário
Brasilia, DF
Estou novamente às voltas com as crises de pânico do meu filho... Levei-o ao CAPs e estou achando o tratamento bom. O problema é que tive uma isquemia que me deixou sequelas leves... Tentei me aposentar mas fui informada que perderia 25% do salário. Na contagem hoje ainda faltam 2 anos para aposentadoria por idade. Como cuidadora, pergunto: no Estado tem alguma ajuda jurídica para o meu caso? (Leia na íntegra na Revista OC)

Lia Veiga, Funcionária pública
Porto Alegre, RS
Recebi a revista e como sempre gostei muito. Os cuidadores de criança precisam aprender mais.

Neusa Jung Ferreira, Pedagoga Aposentada
Passo Fundo, RS
Adorei a revista e a matéria. Ficou ótima a edição da entrevista. Os textos são interessantes e sensíveis.

Irene Santos, Fotógrafa
Porto Alegre, RS
Sou cuidadora também. Tenho uma filha bipolar. Gostaria muito de colaborar. Mando um texto? Onde posso adquirir a revista? Ou apenas por assinatura?

Mãe Anônima, Artista plástica
Porto Alegre, RS
Fico muito feliz com este tipo de trabalho original que desenvolvem em Porto Alegre e tão importante para a sociedade! Não conhecia nada parecido. Parabéns. Abraços

Anônimo
Curitiba, PN
Fiquei encantada com o material que recebi sobre a revista O CUIDADOR. Parabéns, realmente é um belo trabalho e imagino que durante estes dois anos vocês tenham doado muito tempo, carinho e amor para que ela tenha continuidade. Trabalho no Hospital Moinhos de Vento há 12 anos, atuo no Serviço Pastoral acompanhando diariamente pacientes oncológicos e seus familiares. (...) No dia a dia, confronto-me com muito do sofrimento que o ser humano passa ao se deparar com o câncer. Leia na íntegra na revista O CUIDADOR.

Tatiana Plautz Tevah, Enfermeira
Porto Alegre, RS
Eu exercia o magistério com a função de Coordenadora pedagógica e ao mesmo tempo educacional de uma Escola de 1º e 2º graus, quando nasceu meu terceiro filho. Ao levá-lo ao médico, ele me alertou que o bebê estava com anemia! Começou então, uma dieta rica em ferro e proteínas. Foi crescendo, aos 3 ou 4 anos, além do bife mal passado e o ovo quente, pedia batatinha frita. Era uma super alimentação! Estava engordando, o peso acima da tabela normal para idade. Na pré-adolescência nos preocupamos e levamos a um endocrinologista. Após exames... (publicada na íntegra na revista O CUIDADOR)

Mãe anônima, Professora aposentada
Guaporé, RS

Deseja divulgar seu evento?

Clique aqui e preencha o formulário! É simples!





Palavras de Moacyr Scliar

Na qualidade de profissional da área da saúde, tenho a maior admiração por "O Cuidador", bela publicação editada por Marilice Costi que preenche, com sensibilidade e competência, uma lacuna: aquela representada pela necessidade de amparar os que cuidam de pessoas com limitações. Este periódico é um benefício para toda a sociedade.



Aqui outros depoimentos





SANAARTE Produtos Culturais e Serviços Ltda. - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Brasil - Fone: +55 51 3028.7667 - atendimento@ocuidador.com.br