Editorial

Uma pessoa é tão boa quanto sua palavra! 
Markus Zusak

 

A palavra é poderosa. Estimula, registra, informa, acolhe... Carrega através dos livros e também de nossa revista – mais que tudo – o espírito de uma sociedade.  Procuramos registrar aqui a sabedoria do cuidado, e isso só é possível porque existe a palavra.

 

Chicão, o quanto vem fazendo por nós! Pelas crianças! Um homem que recolheu mais de 12 mil livros do lixo. Um benefício da Assistência Social para idosos e deficientes. Confira esse direito para poder auxiliar seu próximo. 

 

Quem tem o transtorno autista caracterizado como Asperger, você sabe como se comporta? Veja nossas dicas para poder auxiliá-los. 

 

Temos também o depoimento de um pai, cujo filho nasceu com a Síndrome de Down. Compreenda seus sentimentos e como se construiu com isso. 

 

Podemos ser indiferentes ao que nos cerca? Assim como no texto sobre as famílias descuidadoras, que nos faz pensar muito, você ampliará o seu olhar com a crônica sobre solidariedade. 

 

Além de todos os sentimentos e ações, somos o coletivo e somos um. Todos enroscados em palavras, nós não temos que rever nossas ações?

 

O quanto é preciso rever rotas!

 

Boa leitura!

 

Marilice Costi
editora-chefe
[email protected]